company

P2020


INFANTE



Designação do projecto PROGRAMAS MOBILIZADORES
Código do projecto 24534
Tipologia da Operação Programa Operacional Competitividade e Internacionalização; Programa Operacional Regional de Lisboa
Código da operação POCI-01-0247-FEDER-024534
Objectivo temático OT 1 - Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação
Região de intervenção Norte, Centro, Lisboa
Promotor líder TEKEVER ASDS, LDA
Copromotores ACTIVE SPACE TECHNOLOGIES – ACTIVIDADES AEROESPACIAIS, S.A; CEIIA - CENTRO DE ENGENHARIA E DESENVOLVIMENTO (ASSOCIAÇÃO); INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE; OMNIDEA LDA; TEKEVER III COMMUNICATION SYSTEMS, LDA; TEKEVER SPACE - SISTEMAS ESPACIAIS, LDA; UNIVERSIDADE DO PORTO; ACTIVE AEROGELS, LDA; CRITICAL SOFTWARE S.A.; FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA; GMVIS SKYSOFT, S.A.; HPS HIGH PERFORMANCE STRUCTURES GESTÃO E ENGENHARIA, LDA; LABORATÓRIO IBÉRICO INTERNACIONAL DE NANOTECNOLOGIA (LIN); INSTITUTO PEDRO NUNES-ASSOCIAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO EM CIENCIA E TECNOLOGIA; INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR; INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO; INSTITUTO DE TELECOMUNICAÇÕES; SONDAR.I - AMOSTRAGENS E TECNOLOGIAS DO AR, LDA; SPIN.WORKS S.A.; UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR; EDISOFT; DEIMOS; IPMA; INIAV; OPTIMAL
Data de aprovação 2017/09/26
Data de início 2017/11/02
Data de conclusão 2020/10/31
Investimento total elegível 9.170.960,93 €
Apoio financeiro da União Europeia através do FEDER 6.139.801,47 €
Programa financiador Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI)

Breve Descrição do Projeto

O projeto INFANTE é uma iniciativa de I&D para o desenvolvimento e demonstração em órbita de um microssatélite, como primeiro componente de uma constelação para vigilância marítima, observação da Terra e comunicações entre satélites e estações de solo.
O segmento Espacial do projeto inclui uma plataforma de microssatélite, modular e de baixo custo, equipada com um sistema de comunicações baseado em rádio definido por software (cujas funções incluem networking, ranging e vigilância aérea e marítima); um sistema de propulsão para mudança e manutenção de órbita; mecanismos para abertura e orientação de painéis solares; e uma baía de carga com sensores para experiências científicas e validação tecnológica como SAR e câmara multiespectral.

Estrutura do Projeto

PPS 1 - Gestão, Qualidade, Segurança e Disseminação| PPS 2 - Plataforma de Microssatélite | PPS 3 - Rádio Definido por Software (SDR) e Aplicações |PPS 4 – Sistema de Propulsão| PPS 5 – Mecanismos | PPS 6 – Payload Bay

Sistema de Propulsão (PPS4)

O PPS 4 é liderado pela OMNIDEA Lda, sendo os copromotores: TEKEVER – ASDS; FCT e UBI.
Este PPS tem como objetivo o desenvolvimento e teste do sistema de propulsão. O sistema de propulsão do satélite infante baseia-se num sistema de “cold gas thruster”. Estes sistemas conseguem facilmente executar as seguintes funções:
- Compensação de arrasto atmosférico;
-Ajuste de atitude;
- Mudança de atitude.
Face aos sistemas elétricos, possuem uma enorme vantagem para plataformas destas dimensões, que é o facto de não necessitarem de complicados sistemas de potência elétrica. Adicionalmente são muito mais fáceis de produzir e instalar que os sistemas químicos.