company

P2020


SADLE

Sistemas de Atuação e Direcionamento para Lançadores Espaciais

Cofinanciado por:



Designação do projecto SADLE – Sistemas de Atuação e Direcionamento para Lançadores Espaciais
Código do projecto CENTRO-01-0247-FEDER-045110
Objectivo principal Investigação de tecnologias para sistemas de controlo vetorial de força e sistemas de controlo de reação
Região de intervenção CENTRO
Entidades beneficiária OMNIDEA LDA
Data de início 2020/01/01
Data de conclusão 2021/12/31
Investimento total elegível € 991.893,91
Apoio financeiro da União Europeia (FEDER) € 793.515,13

Objectivos, actividades e resultados esperados


O projeto SADLE vai focar-se na área de atuação para controlo de atitude e trajetória de veículos espaciais, sendo que os desenvolvimentos a realizar englobam duas tecnologias distintas. Por um lado, será desenvolvido e validado um atuador para direcionar a força propulsiva de um motor de foguete para veículos de acesso ao Espaço.
Por outro, será desenvolvido e validado também um motor com características adequadas ao uso num sistema de controlo por reação.
A necessidade destes dois sistemas vem em linha com os esforços atuais para desenvolver tecnologia de acesso ao Espaço de baixo custo que permitam acompanhar o crescimento significativo que se tem verificado na procura de serviços de lançamento para satélites de pequena dimensão. Em paralelo, a investigação relativa ao SCR abrirá também portas para aplicações mesmo em satélites de média e grande dimensão, aproveitando a tendência atual para abandonar os sistemas do estado da arte baseados em hidrazina.
Para atingir os objetivos do projeto estão planeados dois ramos de estudo em paralelo para as duas tecnologias, sendo que cada um consiste em duas fases sucessivas de design e validação experimental.
- CVF – controlo vetorial de forças: estas fases consistem num design adaptado para o motor em desenvolvimento na Omnidea e respetiva na validação experimental do atuador individualmente. Ultrapassada esta fase pretende-se avançar para a avaliação com a respetiva integração no motor de foguete,
- SCR – sistema de controlo de reação: terá uma primeira fase de investigação e seleção de uma combinação de reagentes adequada, após a qual se iniciará a validação experimental de um protótipo otimizado.
As necessidades identificadas constituem também uma oportunidade para avançar o estado da técnica nestas duas áreas, sendo que no CVF haverá mais ênfase nas potencialidades oferecidas por métodos de fabrico e tecnologias recentes, enquanto que no SCR a investigação a realizar partirá de um nível inclusivamente mais fundamental, com o ensaio de reagentes que não são tipicamente utilizados em propulsão Espacial.
Para alcançar este objetivo estão definidas 5 atividades de investigação industrial com a seguinte estrutura analítica do projeto:


Principais resultados esperados


- Seleção de reagentes para o SCR
- Design preliminar dos sistemas de Controlo Vetorial de Força e Controlo de Reação
- Design preliminar dos sistemas
- Validação laboratorial de ambos os sistemas
- Integração do CVF no motor e ensaios preliminares (em solo) de atuação
- Levantamento legal de operacionalidade


Principais resultados alcançados


Em breve


Disseminação do projecto


Em breve